MATOGROSSO & MATHIAS

MATOGROSSO & MATHIAS

Dupla sertaneja composta por João Batista Bernardo (Matogrosso) e Anísio Roberto de Carvalho (Mathias), tem mais de 30 anos de carreira e de 20 álbuns lançados, dos quais venderam aproximadamente oito milhões de cópias e três mil shows em todo o Brasil e América Latina. Com a alcunha de “a mais romântica do Brasil”, a dupla é reconhecida por difundir a música sertaneja em uma época que os “caipiras” ainda estavam à margem da mídia nacional, abrindo caminho para vários artistas do mesmo gênero de muito sucesso hoje. Entre os hits de sua extensa carreira, destacam-se “Pele de Maçã”, “Tentei te Esquecer” e “De Igual pra Igual”.

Aniversário

A dupla MATOGROSSO & MATHIAS, uma das mais tradicionais da música sertaneja, está comemorando 30 anos de carreira e inicia uma nova fase. Entra em cena um novo Mathias, o cantor Isaac Jr, sobrinho de Matogrosso, em substituição ao Mathias original, que decidiu se aposentar.

As mudanças não param por aí. A dupla lança seu primeiro disco pela EMI, UM SÉCULO SEM TI, produzido pelo maestro A. Zaccarias e por Matogrosso. No álbum, quatorze grandes canções, sendo treze inéditas. A única releitura é Aos Trancos e Barrancos (Edinho da Mata/Matogrosso), gravada originalmente por João Paulo & Daniel no início de carreira.

Outra grande diferença está na sonoridade, mais moderna, e que certamente atrairá novos admiradores para o trabalho de MATOGROSSO & MATHIAS. Os cantores seguem trazendo canções românticas realçadas pela qualidade das interpretações. Eles mantém o hábito de se alternar entre primeira e segunda voz. O grave de Matogrosso é contraponto perfeito para o agudo de Mathias.

A primeira faixa de trabalho é Um Século Sem Ti, versão de A. Zaccarias e Matogrosso para Un Siglo Sin Ti, do venezuelano Franco de Vita. Canção forte, que já é sucesso nas rádios de todo o Brasil. Outra Vez Eu Chorei (A. Zaccarias/Ronaldo Torres) tem levada pop dançante com um bem colocado acordeon no arranjo. A balada Só Quem Ama Entende (Nildomar Dantas/Nazildo) tem tudo para pegar também nas rádios pop. É uma das mais simples e tocantes canções românticas dos últimos tempos, com um órgão Hammond B3 pontuando o arranjo. Mais uma vez, o contraponto vocal de MATOGROSSO & MATHIAS faz a diferença. Eu Me Perdi é versão de Matogrosso e A. Zaccarias para I Miss You (Halligan/Torello/Lieberman), hit gravado pelo cantor de rhythm & blues Haddaway em 1993.

Vazio da Solidão (Matogrosso/José Barreto) é outra canção com letra forte e que tem totais condições de acontecer. Aliás, já é sucesso nos shows de MATOGROSSO & MATHIAS. Os intérpretes não se esquecem das raízes do sertanejo romântico, trazendo a guarânia Coisa Mandada (José Teixeira/Matogrosso), que tem a saudade como tema. Seu Corpo Em Meu Corpo (Ronaldo Torres/A. Zaccarias/

Matogrosso) é uma canção com toques de country romântico, com refrão envolvente. Vem Ficar Comigo (Carlos Lemos/Edu Alves/Villanova) tem forte pegada pop.

A guarânia marca espaço novamente através de Mulheres do Brasil (Nildomar Dantas/Nazildo), uma elegia à beleza das brasileiras. O sambanejo também tem vez no novo disco de MATOGROSSO & MATHIAS com Linha da Pipa (Matogrosso/Theo José/Delvis Polezelli). Caiu Quebrou (Ivan Medeiros/Evandro Valadão) é mais uma bela canção romântica com refrão bem construído. O Vôo do Condor (Paiva/Doralice Rodrigues) é uma balada abolerada na qual fica mais uma vez realçada a harmonia perfeita das vozes dos cantores. A balada country Depois das Seis (Nivaldo Paz) fecha o repertório.

UM SÉCULO SEM TI marca o início de uma nova fase na carreira de MATOGROSSO & MATHIAS. A qualidade continua sendo a marca registrada dessa que é uma das mais talentosas duplas brasileiras.