LOURENÇO & LOURIVAL

LOURENÇO & LOURIVAL

Cantores. Dupla sertaneja.
Arlindo Cassol, o Lourenço - Ribeirão Preto, SP-1937
Antônio Cassol, o Lourival - Ribeirão Preto, SP-1939
Iniciaram a carreira artística na adolescência, cantando na Rádio 79, de Ribeirão Preto, utilizando os nomes de Maurinho e Toninho. Em 1959, mudam-se para São Paulo a fim de dar prosseguimento à carreira. Iniciam apresentações em diversas rádios: Capital, Cometa, Nove de Julho, América, Nacional e Record. Na Rádio Record permaneceram atuando por 10 anos, apresentando o programa "Linha sertaneja classe A". Em 1962, gravaram o primeiro disco, interpretando "Meu regresso", de Tuta e José Russo, e "Amor derrotado", de Garoa. Em 1963 gravaram na CBS o arrasta-pé "Beija-Flor", de Paulíbio e Paulébio e o pagode "Pagode da comparação", de Lourenço e Antonio R. Domingues. Trabalhando na Chantecler e RGE, a dupla gravou mais de 20 discos, onde se destacaram músicas como "Canga do tempo", de José Fortuna e Paraíso, "Noite inesquecível", de Luís de Castro e Muniz Teixeira, "Mulher do mistério", de Carreirinho, e "O diploma e o chapéu", de Tião do Carro e Caetano Erba.
Em 1971, obtiveram grande sucesso com a música "Como Eu Chorei", de Telmo de Maia, que se tornou um marco na carreira da dupla com grande vendagem.
Em 1990 adotaram os nomes de Toshiro e Tanaka e gravaram um disco humorístico, fazendo paródias de sucessos da época como "Entre tapas e beijos", que virou "Carne e queijo". No mesmo ano fizeram sucesso com a composição "O preço da mentira", de Tuta e Tota. A dupla permaneceu atuando nos anos 1990, fazendo apresentações em parques de exposição, festas de peão e rodeios.
Em 1992, passaram a gravar pelo selo MM lançando o CD "Lourenço e Lourival". Em 2005, participaram da trilha sonora da novela América, apresentada pela TV Globo, com a música "Mágoa de Boiadeiro", de Nonô Basílio e Indio Vago.