JOÃO RICARDO

JOÃO RICARDO

João Ricardo Carneiro Teixeira Pinto (Arcozelo, Ponte de Lima, 21 de novembro de 1949) é um cantor, compositor, violonista, gaitista e poeta luso-brasileiro.

Radicado no Brasil, é o criador e principal compositor das músicas do grupo Secos & Molhados. Gêmeo, sua irmã Maria João, morta três dias após o nascimento, mas dois anos depois ganhou outra irmã, Maria Gabriela. Filho do poeta português João Apolinário e da esteticista Maria Fernanda, mudou-se para o Brasil com sua família em 1964, fugindo do Salazarismo, versão portuguesa do fascismo europeu em voga.

Tinha quatorze anos á época e viu-se envolvido com a música brasileira de imediato. Cedo começou escrevendo letras para músicas de um vizinho que o levou a aprender violão para fazer as suas próprias. A partir dos dezessete, dezoito anos, compôs algumas das que viriam a se tornar clássicos da banda seminal que fundou, Secos & Molhados.

Durante esse tempo trabalhava paralelamente como jornalista, nos jornais, Última Hora e Diário Popular, e na televisão, TV Globo. Resolve se dedicar exclusivamente à banda, que há um ano já mudara seus integrantes e ensaiava as canções que viriam a fazer parte do inovador e conceitual álbum que João compôs e dirigiu. O disco foi lançado em agosto de 1973 e tornou-se um divisor de águas na música popular brasileira. Antes e depois. A divisão clássica no país da música brega, de mau gosto, e a de bom gosto sob a sigla de MPB desaparece com o disco dos Secos, a ponto de vender para todas as classes sociais e tornar-se um fenômeno jamais igualado.

Casa-se à primeira vez em 1976 e tem dois filhos, Felipe, professor, e Tila, modelo. Em 1993 casa-se com a jornalista e professora universitária Tânia, da união nasce Irina. Em seu mais recente CD, Puto, João Ricardo grava, entre as onze músicas, duas canções em homenagem a mulher e a filha.

Discografia

* Secos & Molhados - 1973
* Secos & Molhados (II) - 1974
* João Ricardo (known as the pink record) - 1975
* Da boca prá fora - 1976
* Secos & Molhados (III) - 1978
* Musicar - 1979
* Secos & Molhados (IV) - 1980
* A Volta do Gato Preto - 1988
* Teatro?- 1999
* Memória Velha- 2000
* Ouvido Nu- 2003
* Puto- 2007