JEAN MICHEL JARRE

JEAN MICHEL JARRE

Jean-Michel André Jarre (24 de Agosto de 1948, Lyon, França) é um compositor de música eletrônica e produtor musical. Filho do também compositor Maurice Jarre.

Considerado por muitos o pioneiro na música electrónica, bem como um “quebra-recordes” de espectáculos ao ar livre nos quais inclui efeitos laser, de pirotecnia, conjugando imagens projectadas com a arquitectura existente no local do espectáculo, juntando a isso os efeitos surround dos seus temas. Jarre vendeu estimadamente 80 milhões de álbuns e singles ao longo da sua carreira (desde 1971) e bateu 4 recordes no Guinness World Records Book. O seu nome artístico era Jean-Michel Jarre, mas em 1991, Jarre decidiu tirar o hífen, ficando assim: Jean Michel Jarre. Um de seus álbuns, “Musique Pour Supermarchés” (do francês, Música para supermercado), teve apenas uma cópia, que foi vendida para levantar fundos para artistas franceses. Posteriormente, Jarre veio a divulgar as músicas desse álbum numa rádio (Rádio Luxemburgo) e autorizando a gravação de fitas com tal conteúdo. Atualmente, é possível encontrar arquivos MP3 desse disco na Internet através de sites e de softwares P2P como KaZaA ou eMule.

Em 1986 ele trabalhou num concerto com a NASA: o astronauta Ronald McNair iria tocar o solo de saxofone da música Rendez-Vous VI enquanto estivesse em órbita no Ônibus espacial Challenger, enquanto os seus batimentos cardíacos seriam usados como amostras de som na mesma música. Esta seria a primeira música gravada do espaço, a ser incluída no álbum Rendez-Vous. Após o desastre com a espaçonave Challenger em 28 de Janeiro de 1986, a música foi gravada com outro saxofonista, recebeu o nome de Last Rendez-Vous - Ron’s Piece e tanto a música, como o álbum foram dedicados aos astronautas mortos no acidente com a Challenger. Ele é um Embaixador da Boa Vontade da UNESCO, dedicado à causa da cultura, informação e liberdade.