JAMES BLUNT

JAMES BLUNT

James Hillier Blount, nascido em Tidworth, Hampshire, Inglaterra no dia 22 de fevereiro de 1974, mais conhecido como James Blunt é um cantor, compositor e multi-instrumentista britânico.

Em 2007,foi nomeado à 5 Grammy's e já conquistou vários prêmios importantes em sua carreira. Seu estilo musical varia do pop/folk ao brit-rock.

James passou sua infância vivendo na Inglaterra, Chipre, e na Alemanha, onde seu pai, um coronel do exército britânico Air Corps, e piloto de helicóptero militar, foi colocado em vários momentos.

James começou a se interessar pela música logo na infância, quando sua mãe lhe ensinou a tocar o piano. Na adolescência, passou a ter influências dos amigos e se apaixonou pela guitarra e pelo rock. Escutava artistas como David Bowie, Supertramp, Pink Floyd e Led Zeppelin. Mas apesar de toda essa ligação e paixão pela música, a forte tradição militar de sua família o levou a seguir caminhos diferentes.

James cursou Engenharia Aeroespacial e Sociologia, pela Royal Military Academy Sandhurst. À medida que o exército britânico patrocinou sua educação universitária, ele foi obrigado a servir um mínimo de quatro anos nas forças armadas. Ele foi encomendado como um segundo tenente da Guarda Vida, uma unidade da Cavalaria doméstica, onde subiu para o posto de capitão. Um das suas primeiras missões foi na British Army Formação Unidade Suffield em Alberta, no Canadá, onde a sua esquadra foi postada por um período de seis meses em 1998 para atuar em guerra.

Em 1999, atuou como um blindado reconhecimento oficial na implantação da NATO no Kosovo. Inicialmente atribuído à fronteira da Macedónia-Iugoslávia, capitão Blount e sua unidade trabalhou à frente da linha de frente direcionando forças sérvias e segmentação posições para os bombardeamentos da NATO. Ele liderou a primeira esquadra de tropas para entrar Priština, e foi o primeiro funcionário britânico a entrar no capital do Kosovo. Blount também foi introduzido para o trabalho dos Médicos sem Fronteiras (MSF), um grupo de ajuda humanitária mais conhecido por seu tratamento médico de emergência em regiões de conflitos. Desde então, James tem apoiado a MSF através de leilões e arrecadando ajuda em muitos de seus concertos.

Houve momentos menos intensos durante a missão de James no Kosovo, no entanto. Blount tinha trazido junto seu violão, e tocava para distrair a tropa. Em alguns lugares, a paz da música era compartilhada como uma refeição com os hospitaleiro locais. Foi lá que, enquanto em serviço, ele escreveu a canção "No Bravery", que fala sobre o mal que a guerra traz.

Um forte esquiador, capitão Blount agregou-se à Cavalaria Alpine Ski Team em Verbier, Suíça, e acabou se tornando o campeão de esqui de todo o Corpo Royal. Ele tinha estendido o seu serviço militar, em Novembro de 2000, e após um intenso período de seis meses foi destacado para o regimento Household Cavalaria Montada em Londres, Inglaterra. Durante este destacamento, Blunt foi entrevistado sobre suas responsabilidades em um programa de televisão "Meninas no Topo", destacando uma série incomum de escolhas profissionais. Ele era guarda no caixão da Rainha Mãe e fazia parte do cortejo fúnebre, em 9 de Abril 2002.

James deixou o exército em outubro de 2002, após ter servido seis anos. O rapaz então, com 28 anos, passou a se dedicar a sua paixão: a música. Tocava em bares de Londres e morava em um apartamento sujo. Foi então que em 2003 fechou contrato com a EMI Music e passou a gravar demos. Em um dos seus concertos de iniciante, conheceu a ex-integrante do grupo 4 Non Blondes, a produtora Linda Perry, que lhe ofereceu um contrato com sua pequena gravadora Custard, filiada da Atlantic Records. Apesar de ser uma gravadora pequena, Custard ofereceria o que a EMI não poderia oferecer: liberdade para James criar e desenvolver livremente as próprias músicas e ainda poderia trabalhar com o produtor que quisesse. James Hillier Blount então adotou o nome James Blunt e assim nasceu "Back to Bedlam", o álbum de estréia do cantor, lançado em 2004, sendo o disco mais vendido da década no Reino Unido (dados de 2010).

Os seus primeiros singles ''High'' e ''Wisemen'' fizeram um discreto sucesso na Europa, mas James Blunt conseguiu atravessar fronteiras com a música ''You're Beautiful'' que fez um enorme sucesso, sendo primeiro lugar até mesmo nos Estados Unidos, onde um artista masculino britânico não alcançava o topo desde Elton John em 1997. Em 2006, gravou um DVD/CD titulado "Chasing Time: The Bedlam Sessions".

O nome Bedlam é referente a um hospicio de Londres. Quando o pai de James lavou as mãos quando o filho disse que ia deixar a carreira militar, James teve problemas financeiros pois seu pai disse que não iria bancá-lo e que ele voltaria a suas maluquices (back to bedlam).

Em 2007 lançou o segundo álbum, chamado All the Lost Souls, que teve sucessos como Same Mistake, Carry You Home, 1973 e I Really Want You. Também alcançou um bom reconhecimento do público em muitos países. Não teve tanto reconhecimento pela mídia em massa como o primeiro, mas é um album muito bem aclamado pela critica. Em 2008, lançou-se o Deluxe Edition desse mesmo album, que contém um DVD com algumas apresentações ao vivo durante sua turnê, video-clipes do All The Lost Souls e o documentário ''Return To Kosovo''. Nesse mesmo Deluxe Edition, tem o single Love Love Love e mais 3 covers ao vivo.

Em 2008, também participou de um dueto com a cantora e compositora italiana Laura Pausini, a canção Primavera in Anticipo, do álbum Primavera in Anticipo, que foi lançada como single de Laura na terceira semana de Janeiro.
Laura e James são da mesma gravadora e o mesmo aceitara de imediato fazer o dueto com a pop star italiana. James também faz a versão em espanhol dessa música, Primavera Anticipada.

Seu terceiro album será titulado ''Some Kind Of Trouble'' e está previsto para Novembro.Com o single já divulgado chamado Stay The Night