HELTON LIMA

HELTON LIMA

O nome dele? Helton Roberto Lima e Silva. Idade? 29 anos. Profissão? Músico. Desde quando? Como diz o velho ditado, desde "que se entende por gente". Helton Lima, como é conhecido na cena musical de Pernambuco, começou a aventura musical aos 14 anos e hoje em dia, seguindo carreira solo após ter passado por várias bandas, com dois CDs e um DVD gravado, deixou o emprego em uma loja de artigos personalizados para festa para se dedicar 100% a carreira artística. Desde as casas de show do Recife até as cidades do interior do Estado, o rapaz vai ficando com a agenda lotada e levando para o público além de uma boa mistura de forró, sertanejo e arrocha, muito carisma.
@
Helton Lima se interessou pela música aos 14 anos quando ganhou do pai o primeiro instrumento, um cavaquinho, que aprendeu a tocar só, depois se dedicou ao violão e percebeu que tinha em si o dom não só de tocar, mas também de cantar e compor. Aos 15 anos, o jovem já estava se apresentando profissionalmente pela noite do Recife e não parou mais. Como a maioria dos artistas, Helton não começou sozinho. O cantor passou por bandas de samba e pagode bem conhecidas na cidade, como o Bloco do Samba - quem não lembra do refrão "ai, mainha, painho quer tu..."? - onde ficou por cinco anos tocando violão e considera um dos seus maiores aprendizados, e também Padang, por mais outros três anos.
@
A oportunidade de fazer carreira solo veio enquanto ainda fazia parte da Padang, em 2011, quando foi convidado para se apresentar sozinho nas quintas-feiras do restaurante Porto do Mar, no bairro do Rosarinho. "Foi um desafio muito grande porque eu nunca tinha feito nada só, sempre estava fazendo parte de uma banda. Mas eu aceitei e acabou que deu certo", comenta. E deu certo mesmo. Em 2012 ele resolveu assumir o palco sozinho, e lembra do primeiro show oficial: "Foi no dia 20 de abril de 2012, na cidade de João Alfredo, interior de Pernambuco. Memorável!"
@
Assim que começou o projeto, Helton Lima já gravou logo o primeiro CD e de cara, já vieram quatro músicas autorais no repertório. A segunda bolacha veio em seguida, e logo após, veio o primeiro DVD, gravado em agosto de 2014 no Casa Grande Bar, com 10 composições próprias, que para ele foi a realização de um sonho. "Graças ao DVD minha carreira alavancou. Por causa deste trabalho, tive mais visibilidade", ele conta. Os planos para a gravação de um novo disco já estão sendo traçados - a ideia é que ainda em agosto deste ano seja feito o lançamento. Enquanto isso, nas rádios, o público já pode ouvir a música Tô Bebendo, também de autoria própria.
@
Helton Lima nos conta que o seu show é cheio de interação com o público, aspecto que ele considera fundamental para um artista. Além das suas músicas, como a Pega Ela, que segundo ele não pode faltar em nenhuma apresentação, ele faz releituras de canções de Wesley Safadão, Henrique&Juliano, Gabriel Diniz, e tudo no universo do forró e sertanejo que seja atual. "Escolho o repertório dos shows de acordo com a vontade da galera, muita gente me dá sugestões de músicas nas redes sociais e até no próprio show, anotam no celular e me mostram no palco, e assim a gente vai montando um setlist que agrada bastante" ressalta.
@
Apesar de tocar sertanejo, forró e arrocha no palco, o artista confessa que é apaixonado por música internacional. Fã de artistas como Bruno Mars e Justin Timberlake, Helton conta que costuam observar bastante como eles se portam, se vestem, e isso acaba inspirando-o para suas performances. Acompanhado de uma banda composta por violão, sanfona, teclado, bateria, percussão e baixo, Helton Lima faz shows de quinta a domingo em várias casas espalhadas pela cidade. O seu trabalho pode ser acompanhado também através do perfil no Instagram (@heltonlimaoficial), Snapchat (heltonlimahl), Facebook, SoundCloud, Palco MP3, YouTube e Sua Música.