GENE VINCENT

GENE VINCENT

Gene Vincent ou Eugene Vincent Craddock (11 de fevereiro de 1935 - 12 de outubro de 1971) foi um músico norte-americano de rockabilly, mais conhecido por seu sucesso "Be-Bop-A-Lula". Ele começou sua carreira tocando em diversas bandas de música country em Norfolk, Virgínia, um dos primeiros se não o primeiro a introduzir a guitarra eletrica fender stratocaster. Serviu a Marinha onde sofreu uma permanente lesão na perna. Ele assinou contrato com a Capitol Records com sua banda de apoio, The Blue Caps.

Depois que "Be-Bop-A-Lula" transformou-se num grande sucesso em 1956, Gene Vincent & os Blue Caps não conseguiram emplacar outros hits de tamanha repercusão, mas tiveram uma carreira pontilhada de sucessos como: "Bluejean Bop", "Race With the Devil", "Lotta Lovin'", "Crazy Legs" et "Baby Blue". Vincent inclusive foi um dos primeiros astros de rock a estrelar um filme, chamado The Girl Can't Help It.

Um fato marcante na carreira do cantor foi a morte de seu melhor amigo Eddie Cochran em um acidente automobilistico, durante uma tourné que ambos faziam pela Ingleterra no ano de 1960. Gene que também estava no veículo teve a antiga lesão de sua perna agravada precisando amputa-la, e até o fim de sua vida não se recuperou psicologicamente do ocorrido.

A carreira de Gene teve uma enorme perda de popularidade a partir da metade dos anos 60, com a chegada das "english bands", embora ele continuasse a fazer sucesso na Europa, principalmente na Inglaterra e na França.

Passou os últimos anos de sua vida tentando reconquistar o antigo sucesso, mas acabou afundando-se cada vez mais nas bebidas e na depressão. Faleceu na California em 1971, de cirrose gástrica.

Gene Vincent está enterrado no Eternal Valley Memorial Park em Newhall, Califórnia.

Forma junto com Buddy Holly e Eddie Cochran a quintessencia do Rockabilly, sendo sem sombra de dúvidas, os maiores nomes do gênero.