FIVE

FIVE

Five (originalmente escrito 5ive) foi uma famosa boyband da Inglaterra, formada em 1997 em Londres, Reino Unido, por Scott Robinson, Ritchie Neville, J. Brown, ABS Breen e Sean Conlon, que obteve grande sucesso em todo o mundo, mas particularmente no Reino Unido, partes da Europa e da Ásia, Rússia, Brasil, Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos. Em 27 de setembro de 2001, se separaram depois de vender 20 milhões de álbuns, emplacar 11 singles no Top 10 e 4 álbuns dentre os mais vendidos no Reino Unido.

Em 1997, Bob e Chirs Hobert -- anteriormente, criaram as Spice Girls --, decidiram criar uma nova Boyband mesclando características dos Backstreet Boys com as Spice Girls, mas, para isso, os selecionados tinham que ter atitude e personalidade.

Mais de 3 mil aspirantes a cantores em dezenas de audições foram convocados para formar o grupo de cinco garotos. E os membros escolhidos foram Scott Robinson, Ritchie Neville, J. Brown, Abs Breen e Sean Conlon.
Com a onda de boybands do final dos anos 90, fizeram grande sucesso no mundo todo mas não chegou a ser febre como os Backstreet Boys e o *NSync. Seus fãs se concentraram mais particularmente no Reino Unido, outros países da Europa, Rússia, Japão, Brasil, Israel e Austrália.

Em dezembro do mesmo ano de formação lançaram seu primeiro single Slam Dunk (Da Funk) que chegou a #7 nos charts britânicos. Em seguida When The Lights Go Out, que alcançou o 4º lugar nas paradas.

Produziram seu primeiro álbum em julho de 1998, que levou o mesmo título do grupo: 5ive. O diferencial para outras bandas é que os integrantes tinham participação ativa nas composições das músicas, inicialmente com ajuda de outros compositores já renomados e depois seguiram sozinhos para compor todos os álbuns que viriam em seguida.
O reconhecimento aumentou com o lançamento de outros singles do disco, que fez a banda chegar ao terceiro lugar e duas vezes em segundo lugar nas paradas.

Em julho de 1999, lançaram Invincible que trouxe hits de peso como If Ya Gettin' Down, Keep on Movin' (primeiro single #1), Don't Wanna Let You Go e uma moderna versão de We Will Rock You (também #1), originalmente do Queen, que participou da gravação e de algumas apresentações com o grupo.
Foi o período mais produtivo para o grupo, onde fizeram turnês internacionais, diversas participações em apresentações de prêmios na televisão, e músicas que ficaram em primeiro lugar não só no Reino Unido como em outros países, como o Brasil.

Em maio de 2001, terminaram o terceiro álbum Kingsize. Seu prelúdio foi o single Let's Dance, o qual tambén chegou a #1. Mas o grupo já dava sinais de término com Sean ficando muito doente, incapaz de participar da gravação do vídeo clip e fazer shows promocionais. E com o casamento e nascimento do filho de Scott, que deixou o integrante com a agenda mais complicada.

Em outubro do mesmo ano, o grupo comunicou seu fim: Durante os últimos três anos e nesse tempo evoluímos de forma intensa, tanto como banda, como pessoas. O nosso êxito superou também os compromisos que o grupo devia adquirir. Esta pressão foi bastante dura para nós em alguns momentos. Cremos que chegamos a um ponto que é impossível ser fiel a estes compromissos, tanto com nossos fãs como com nós mesmos. Quando nos encontramos nesta situação o melhor é dizer adeus. Nós gostaríamos de enviar um enorme obrigado a todos nossos fãs, sem eles não teríamos alcançado o incrível êxito dos últimos três anos... Nós amamos vocês!.

Mesmo com o fim do grupo, a gravadora lançou dois singles: Closer To Me e Rock The Party. E ainda em 2001, lançam um Greatest Hits, álbum com os melhores e maiores hits do grupo.

Em 27 de setembro de 2006, quatro dos cinco membros (menos Sean Conlon) anunciaram seu retorno no Bar Academy Islington em Londres, Inglaterra. Prometeram algumas reformas e mudanças musicais. Chegaram a gravar algumas musicas inéditas, entre elas 70 Days (Calboy's Radio Edit), porém a gravadora resolveu cancelar o retorno alegando que eles nao teriam publico que os consumiriam nessa época, no mesmo ano de 2006.

O grupo visitou o Brasil 3 vezes: a primeira foi em 1999, quando foram ao Rio de Janeiro para um showcase (show promocional) e gravaram o Domingão do Faustão (Rede Globo). Depois, em São Paulo, participaram do Programa Livre (SBT) e do Disk MTV e fizeram mais um showcase na casa de shows Olympia (Lapa). Na segunda vez, retornaram sem o Ritchie (que estava com catapora) para um show em São Paulo, no Via Funchal e gravaram algumas entrevistas para programas como Caldeirão do Huck (Rede Globo). E na última vez, no começo de 2001, participaram do Rock In Rio e foram até o programa Caldeirão do Huck.

Os meninos retomaram a carreira em 2013 através de um programa de TV britânico que trouxe a ativa alguns nomes que marcaram a música pop da Inglaterra nos anos 90 e se preparam para uma série de shows para comemorar o retorno, mesmo como quarteto já que o integrante J Brown não topou participar do projeto.