DI PAULLO & PAULINO

DI PAULLO & PAULINO

Di Paullo & Paulino são uma dupla formada por dois irmãos, em Minas Gerais. Como o pai possuía uma coleção de instrumentos sertanejos, aprenderam a tocar sozinhos em casa. Começaram carreira profissional no início dos anos 1970, apresentando-se em circos pelo estado de Minas Gerais. Em tempos em que a música sertaneja sofria grande isolamento nas principais metrópoles, conseguiram gravar um disco por ano, de 1973 a 1975. A partir de 1976, passaram a se apresentar no estado de Goiás, em exposições e festas agropecuárias, além de se tornarem atração no programa "Onde Cantam os Campeões", que revelou várias duplas sertanejas. Em 1980, lançaram o quarto disco, "Cama Triste" e o quinto, em 1982, "Solo de Viola". Em 1987, obtiveram grande destaque com a música "Passarinho do Sertão".

Nos anos 1990, ganharam ainda mais projeção, principalmente no centro-norte do país, com os discos "Presente de Natal" e "Onde Anda Você". Em 1995, participaram da turnê que comemorou 10 anos de sucesso da dupla Leandro & Leonardo. No ano seguinte, fizeram uma participação especial em um show da dupla Zezé di Camargo & Luciano, no Olímpia, em São Paulo. Em 2000, lançaram o disco "Tô Por Aí", cuja música que dá título ao CD foi uma das mais executadas nas rádios do país naquele ano. Em 2002, lançaram o primeiro disco ao vivo, "Só Modão", do qual se destacaram os sucessos "Amor de Primavera" (César Augusto/Paulino) e "Onde Anda Você" (Nil Amistrong), além das releituras "Telefone Mudo" (Franco/Peão Carreiro), "Ainda Ontem Chorei de Saudade" (Moacyr Franco), "Ilusão Perdida" (Milionário/José Rico) e "Barco de Papel" (Reinaldo Queirós/Pandiá/Marlipe). Em 2004, auto intitulando-se "Os Cowboys da Viola", a dupla lançou seu décimo trabalho: "O Coração Chora", que consagrou, além da música-título do álbum, outras como "O Que é Que Eu Sou Sem Você" e "Nada Mudou". Em 2007, lançaram segundo o disco ao vivo "Hora Certa", pela Zaid Records, no qual mesclaram canções inéditas com regravações. Dentre as novas, canções de cunho romântico, como "A Linguaruda", do compositor Nilton Lamas (autor de "Entre Tapas e Beijos", gravada por Leandro & Leonardo) "Um Outro Alguém", "É Segredo" e "Hora Certa". Em 2008, em plena atividade, lançaram o primeiro DVD, "Ao Vivo em Goiânia". Em 2018, lançaram o disco "Nós e Elas”, pela Som Livre, com direção geral de Rafael Terra. Com repertório considerado inovador pela crítica, apresentou 17 faixas e foi gravado ao vivo em Goiânia, terra natal da dupla. O álbum, como sugere o nome, contou com participações apenas de vozes femininas: “Um Outro Alguém (To Love Again)”, com Wanessa Camargo, “Estrelinha”, com participação de Marília Mendonça, “Em Mim Só Dá Você”, com Fátima Leão, “Em Duas Palavras”, com a dupla Maida & Marcelo, e “A Gente Tinha Combinado”, com Irmãs Freitas.