DES'REE

DES'REE

Foi após o regresso de uma estada de três anos em Barbados, que Des'ree soube, que no futuro, a música lhe estava destinada. Na altura, com catorze anos, estudava poesia e não tardou em começar também a escrevê-la, levando para a música uma mistura de experiências do dia-a-dia e de aspectos da sua cultura, que ainda hoje caracterizam as suas letras.
Des'ree cresceu no sul de Londres e a apetência para a música foi-lhe transmitida pelos pais que, ao trocarem o sol das Caraíbas pelo nevoeiro londrino, trouxeram na bagagem os sons das ilhas, incutindo na filha o gosto pelos ritmos reggae, calypso e jazz, assim como pelo brit- pop.
Em casa, Des'ree ouvia nomes como Duke Ellington, Bob Marley e Stevie Wonder, enquanto se imaginava uma Gladys Knight em cima do palco, a actuar para uma plateia reduzida, composta pela família e pelos amigos da cantora.
Em 1994, as dimensões da plateia aumentaram consideravelmente com o sucesso alcançado pelo seu segundo álbum de originais, intitulado "I Ain't Movin'". Ao contrário de "Mind Adventures", o seu álbum de estreia, editado dois anos antes, que passou completamente despercebido, "I Ain't Movin'" tirou a cantora do anonimato e lançou-a nos Estados Unidos. Tal aconteceu graças ao êxito do single "You Gotta Be", que se tornou no teledisco mais rodado no canal de televisão britânico VH1. Após um período de 80 semanas ainda figurava nas tabelas de "air-play" da Billboard. O tema foi igualmente responsável pelo alto volume de vendas de "I Ain't Movin'" que, ao todo, vendeu mais de um milhão e seiscentas mil unidades por todo o mundo. O impacto do tema foi tão grande, que "You Gotta Be" foi incluído no álbum de homenagem à Princesa Diana.
O culminar do sucesso da cantora ocorreu durante a digressão norte-americana que levou a cabo em parceria com Seal, em 1995, e que se tornou na mais popular digressão desse ano realizada nos Estados Unidos. Outro ponto alto na carreira de Des'ree foi a actuação no primeiro concerto alguma vez realizado no Vaticano, ao qual se seguiu uma audiência com o Papa, que abençoou a cantora.
O intervalo compreendido entre a edição de "I Ain't Movin'" e "Supernatural" foi preenchido com algumas incursões pelo mundo da sétima arte. Des'ree participou na banda sonora do filme "Clockers", realizado por Spike Lee, assim como de "Set It Off" e, mais recentemente, de "Romeu e Julieta", para o qual interpretou o tema "Kissing You". Este filme marcou também a estreia da cantora no grande écran, a convite do realizador Baz Luhrmann.
"Kissing You" foi incluído em "Supernatural", editado em 1998, e é mais um caso de sucesso no percurso musical da cantora, em grande parte, devido ao êxito obtido com o single "Life", que conquistou os mercados europeu e norte-americano durante o Verão desse ano.
O mais recente álbum de Des'ree revelou-se uma fusão de estilos, resultado de um acumular de experiências reais, entre os quais, se contam passagens pelos universos reggae, funk e folk, misturadas com algumas baladas e uma versão do tema "Fire", de Bruce Springsteen.