DEL AMITRI

DEL AMITRI

Essa banda de Glasgow, na Escócia, apareceu no começo da década de 80. A banda se resumia a dois integrantes, o cantor de 16 anos, Justin Currie (baixo e teclados) e Iain Harvie. Conseguiram um contrato com uma gravadora e compuseram um single chamado "Sense Sickness", que teve a participação de Bryan Tolland (guitarra) e Paul Tyagi (bateria). Agradaram de imediato e fizeram várias sessões com o influente DJ da Inglaterra, John Peel. De quebra, conseguiram abrir excursões do The Fall e dos Smiths, ganhando status de banda cult. Currie começou a ganhar fama como letrista. A banda recurtou mais dois músicos, David Cummings (segunda guitarra) e Brian McDermott (bateria) e assinaram com a Chrysalis Records.

Em maio de 1985 lançaram o primeiro LP, apenas chamado de Del Amitri. Conseguiram alguma reputação, e divulgação quase de boca-a-boca. Os fãs mais chegados promoviam circuitos de shows para a banda se apresentar. Em 1987, mudaram de selo e caíram nas graças da A&M Records. Alcançaram o sucesso com os singles "Kiss The Thing Goodbye", "Nothing Ever Happens" e "Spit in the Rain". Fizeram sucesso na América com "Kiss the Thing...", enquanto na Grã-Bretanha, "Nothing Ever Happens" virou quase um hino entre os jovens.

O sucesso continuou e, em 1992, lançaram o terceiro disco, Changes Everything. A primeira música, Be My Downfall, emplacou na Europa. Outras músicas levaram a banda ao estrelato.

Nas palavras de Currie: "Quando começamos a banda queríamos tocar apenas em pubs e festinhas. Eu tinha 16 anos, sonhava em ser um artista, mas sinceramente achei que não iria emplacar. Mas nossos fãs sempre ajudaram a banda, incentivando, mandando cartas, lotando os shows. Começamos a excursionar com bandas de renome, como os Smiths e tivemos uma boa projeção na mídia. Com tudo isso, conseguimos ser uma banda que, apesar de não ser muito falada, tinha já seu espaço próprio. Foi maravilhoso."

Currie fala sobre Changes...: "Talvez seja o nosso melhor disco segundo os fãs. Eu gosto de todos os nossos trabalhos, sem querer ser metido. Lançamos poucos discos exatamente para não fazermos porcarias. O Del Amitri mudou de integrantes, e por isso gravamos poucos discos. Eu só entrava no estúdio quando tinha alguma coisa muito boa para ser produzida."

Além de "Be My Downfall", grandes músicas, como "Surface of The Moon", "The First Rule of Love" e "Always the Last to Know" ajuda a ser o preferido dos mais fanáticos.

Sobre as influências mais visíveis como Byrds e Neil Young, Currie explica: "Eles faziam tanto country rock como rock and roll, principalmente o Neil, que mudava a cada álbum. Era excitante ouvir o som deles, sempre gostei muito."

Após Changes.... a banda lançou o excelente Some Other Sucker's Parade, em 1997, e no ano seguinte foram convidados para gravarem um hino para a Escócia ("Don't Come Home Too Soon"), disputar a Copa do Mundo da França de 1998.