CORINNE BAILEY RAE

CORINNE BAILEY RAE

Corinne Bailey Rae (Leeds - Inglaterra, 26 de Fevereiro de 1979), é uma cantora inglesa de soul music.

Corinne nasceu e se criou na cidade de Leeds, Inglaterra, e canta desde criança. Começou como muitas cantoras de Soul Music, cantando em coros de Igreja. Na escola, chegou a estudar violino clássico, mas não levou tal aprendizado muito à diante, pois tinha ambições diferentes.

Uma delas, foi sua primeira aventura fora dos coros: uma banda que formou, aos 15 anos, com meninas de sua cidade, que foi batizada de Helen. O som possuía influências estilísticas de Led Zeppelin unida com a vontade der obter o mesmo sucesso de bandas femininas anteriores, como Veruca Salt e L7. Corinne era a vocalista e autora das letras que embalavam os hits da banda. Helen chegou a se destacar na cidade local, dando visibilidade ao talento daquela jovem vocalista.

A banda durou pouco mais de 3 anos, se desfragmentando após a gravidez da guitarrista.

Depois de 10 anos, cantando com algumas componentes da banda ou então em festas de família, Corinne já possuía material suficiente pra lançar um CD. Foi então que a gravadora EMI a descobriu e decidiu apostar em seu repertório. Porém, meses antes do lançamento do álbum, a gravadora fez com que Corinne apresentasse ao público o single "Like a Star". O retorno não poderia ser melhor. O sucesso da música lhe concedeu o prêmio "Som de 2006" da BBC, muitas capas de revista e diversas entrevistas em programas de rádio.

Em 27 de Fevereiro de 2006, Corinne lançou seu álbum solo. Com influências de Jazz (de que se declara fã), Música Clássica e soul music, Corinne então se solidificou e encantou o Reino Unido com sua voz doce e suave, arrancando da crítica jornalística artigos absolutamente positivos, e da popular, aplausos.

A principal marca de Corinne, como cantora, é o profundo sentimento que põe nas letras de suas músicas, unido ao fantástico poder de encantar e prender o ouvinte. As músicas do CD tem um toque de leveza, confirmado pela própria aparência angelical da cantora, mas que não foge de suas influências de Black Music, fazendo uma mistura de estilos sem se perder nos arranjos. A personalidade de seu trabalho se reflete em cada estrofe das letras musicais, que embora sentimentais, não pecam por excessividade.