CHRIS REA

CHRIS REA

Vocalista e guitarrista britânico, 'Chris Rea' é conhecido pelo virtuosismo com que toca guitarra e por sua voz inigualável, e é claro pelas muitas e muitas canções com que se popularizou. Nascido em 1951 como Christopher Anton Rea é filho de Camillo Rea, um imigrante da Itália e Winifred, uma irlandesa.

Na estrada desde o final dos anos 70 ao substituir David Coverdale numa banda chamada ‘Magdalene’, lançando-se em carreira solo a partir de 1978. Alguns de seus discos são referências em termos de qualidade sonora, denotando extremo apuro e cuidado nos elaborados arranjos, bem como na sua execução e processo de gravação propriamente dito. Ele também é considerado um virtuose em seu principal instrumento, a guitarra, com uma técnica apuradíssima. Dono de um timbre vocal inconfundível, sua voz é meio rouca, soando como um misto entre Mark Knopfler (Dire Straits) e Bruce Springsteen, mas canta melhor que os dois.

‘Dancing With Strangers’, lançado em 1987, considerado um dos seus melhores trabalhos, conta com diversificados estilos: blues, rock, elementos de música celta e de sonoridades caribenhas e dançantes. No mesmo nível dos também extraordinários ‘The Road to Hell’, de 1989, e ‘Auberge’, de 1991. Em todos estão presentes ingredientes que fazem da música do Chris Rea um verdadeiro bálsamo para os nossos ouvidos: melodias cativantes e arrebatadoras, magnífica interpretação vocal e solos maravilhosos de slide guitar, além do habitual apuro e cuidado nos elaborados arranjos, na sua execução e gravação em estúdio.

Na seqüência de um grave surto de pancreatite, com 50% de chance de sobrevivência após uma cirurgia em 2001, Rea prometeu que se conseguisse se recuperar, ele faria um regresso às raízes do blues. O resultado foi ‘Blue Guitarras’, uma coleção de onze CDs com 137 blues inspirados e gravados em apenas 18 meses, e visto por ele como o seu melhor trabalho.


http://www.fanstar.co.uk/showscreen.php?site_id=57&screentype=site&screenid=57