BRITNEY SPEARS

BRITNEY SPEARS

Britney Spears, nascida em 2 de Dezembro de 1981 em McComb, Mississippi, Estados Unidos, se mudou muito pequena para Kentwood, Louisiana, e ficou lá até seus 15 anos. É cantora, atriz, compositora, dançarina, pianista, performer, escritora, produtora musical, diretora, estilista e ex-jurada do programa The X Factor com mais de 200 milhões de álbuns, singles e DVD’s vendidos em 13 anos de carreira. É vencedora de 411 prêmios, entre eles estão Grammy Awards, MTV Video Music Awards, MTV Europe Music Awards, American Music Awards, Billboard Music Awards, World Music Awards, MTV Video Music Brasil, Teen Choice Awards, Nickelodeon Kids’ Choice Awards, People Choice Awards, entre outros. Com títulos que passam por “Queridinha da América”, passando por “Princesa do Pop”, “Lenda Viva”, “Fênix do Pop” e outros, nenhum deles terão a força que o seu próprio nome tem no mundo, essa é Britney Spears.

É a artista feminina que mais vendeu álbuns nos anos 2000 e a cantora mais jovem, aos 21 anos, a ganhar uma estrela na Calçada da Fama. É a única cantora à ter seus 7 álbuns de estúdio estreando no Top 5 da Billboard 200 (6 #1’s e 1 #2), a única artista na história do Nielsen SoundScan (que monitora as vendas de música, nos Estados Unidos, nos últimos 17 anos) à ter quatro álbuns debutando com 500 mil ou mais e foi por 9 anos consecutivos a celebridade mais procurada na internet de acordo com os sites de busca Google e Yahoo! e o Guinness World Records. Também acumula outros títulos como: Celebridade mais poderosa do mundo (Forbes 2002), Mulher do ano (Glamour Magazine, 2003), Mulher mais sexy do mundo (NHM Magazine, 2004), Artista musical mais popular do mundo (BBC, 2008) e Artista feminina da década (PopEater, 2009).

O Início (1990–1997)
Sempre praticou ginástica, fazendo aulas do esporte até os nove anos de idade, também participava de eventos de dança e cantava no coral da igreja. Aos oito anos, ela entrou para a Escola de Artes de Nova Iorque e sua primeira aparição em rede nacional foi no programa de talentos Star Search, em 1992. A partir dai foi presença constante em músicais até integrar-se ao elenco da produção da Disney, The Mickey Mouse Club ao lado de estrelas como Christina Aguilera e Justin Timberlake. Participou do programa de 1993 à 1994, quando os produtores decidiram encerrar a atração. Sendo assim, ela retornou para a cidade de Kentwood para terminar os seus estudos secundários e aos 15 anos, acompanhada de sua mãe, seguiu para Nova York onde com a ajuda do ex-advogado e empresário Larry Rudolph fez diversas audições para diferentes gravadoras, sendo sondada para fazer parte de uma girl band do qual Spears se recusou, sendo chamada logo em seguida para uma audição na gravadora Jive Records a qual contratou imediatamente como artista solo.

…Baby One More Time (1998–1999)
O single …Baby One More Time, saiu em 1998 junto com seu videoclipe considerado um dos maiores clássicos da música Pop e um dos mais influentes de todos os tempos. O sucesso da canção fez com que Britney realizasse uma pequena turnê pelos shopping dos Estados Unidos chamada The L’Oreal Hair Mall Zone Tour, e alguns shows de abertura do grupo *NSYNC até 12 de Janeiro de 1999 quando seu disco de estréia, …Baby One More Time foi lançado sendo #1 na lista de mais vendidos da Billboard com mais de 125 mil cópias logo na primeira semana. Deste álbum além do hit …Baby One More Time, saíram os singles Sometimes, (You Drive Me) Crazy, Born to Make You Happy e From the Bottom of My Broken Heart. O álbum foi bem recebido pela crítica, com letras focadas nas paixonites inocentes e festas da adolescência, conquistou rapidamente uma legião de fãs fiéis através de performances incríveis em sua …Baby One More Time Tour, que ganhou uma nova carga de shows sob o nome Crazy 2K Tour, para apresentar ao público, músicas do seu novo álbum, programas de TV’s e premiações que se mostrou um dos fatores principais para o seu status de ícone do Pop nos anos seguintes. Em Abril de 1999, com apenas dezessete anos, foi capa da revista Rolling Stone, com fotos ao estilo Lolita. A polêmica estava criada, pois mostrava uma Britney mais provocante da qual o público estava acostumado a ver. No total, o álbum …Baby One More Time vendeu mais de 30 milhões de cópias no mundo inteiro.

Oops!… I Did It Again (2000)
Em Maio de 2000, a cantora lançou seu segundo disco, Oops!…I Did It Again, que vendeu mais de 1 milhão e 319 mil cópias apenas na primeira semana, quebrando o recorde de álbum feminino mais vendido na primeira semana, e estreando em primeiro lugar de vendas novamente. O CD foi gravado rapidamente, pois os produtores acreditavam que Britney não podia se afastar da mídia. Deste álbum, a cantora lançou os singles: Oops!…I Did It Again, Lucky, Stronger e Don’t Let Me Be the Last to Know. Seguindo a linha do álbum anterior, continuou explorando as descobertas da adolescência, porém, em algumas faixas como Don’t Go Knockin’ on My Door e Stronger, ficava nítido seu amadurecimento em relacionamentos onde nem tudo são flores. O álbum também conta com a primeira composição de Britney, divulgada em um álbum seu, na canção Dear Diary. No palco, ela veio explorando figurino e coreografias cada vez mais sensuais e explícitas. Chegou ao Brasil em Janeiro de 2001 como a maior estrela do Pop adolescente da noite do festival Rock In Rio, com a Oops!…I Did It Again World Tour causando polêmica pela exibição da bandeira americana na performance da música Lucky e acuso de uso de playback durante algumas canções do show que acabaram por ajudar a aumentar o interesse da mídia pela vida pessoal da cantora que lhe concebeu o título de “Queridinha da América.” O álbum Oops!…I Did It Again vendeu mais de 25 milhões de cópias no mundo. Em 2000 também, Britney lançou seu primeiro livro, em parceria com sua mãe Lynne, “Heart to Heart”.

Britney e Crossroads (2001–2002)
Em Novembro de 2001 lançou o seu terceiro álbum de inéditas, Britney, que alcançou 745 mil cópias vendidas na semana de lançamento, tornando-se a primeira cantora a estrear seus três álbuns de inéditas em primeiro lugar. O primeiro single, I’m A Slave 4 U chocou o mundo com um clipe mostrando que ela realmente não era mais inocente, revelando uma Britney mais madura e provocativa do que nunca. O álbum também contou com mais cinco singles: Overprotected, I’m Not a Girl, Not Yet a Woman, I Love Rock ‘N’ Roll e Boys. A partir desse álbum, passou a ditar os rumos da sua carreira e de suas canções que exploraram os desafios da transição para a fase adulta e a sensualidade exacerbada, além de já demonstrar um certo desconforto em relação a midia em faixas como Overprotected e Let Me Be. Britney também se mostrou envolvida na produção do álbum, por compor 7 faixas do álbum. Para divulgar o CD, lançou sua segunda tour mundial, Dream Within A Dream Tour, estimada em 18 milhões de dólares de equipamentos e com todos os ingressos esgotados antes do primeiro espetáculo. A tour teve uma pequena curiosidade, começou antes do lançamento do álbum e fez com que o público soubesse poucas, ou talvez até nenhuma das músicas novas. A tour foi registrada pela HBO, no especial Britney Spears: Live From Las Vegas. O álbum Britney, vendeu mais de 17 milhões de cópias no mundo. No ano de 2002, Britney entrou em uma aventura cinematográfica e estrelou seu primeiro filme. “Crossroads: Amigas Para Sempre” foi um sucesso absoluto no mundo inteiro. Apesar do sucesso, a crítica caiu em cima da atuação de Britney, dizendo coisas como por exemplo, que não se pode ser bom em tudo, e garantiu a Britney uma indicação ao Framboesa de Ouro de pior atriz, mas ela perdeu para a também cantora Madonna. O filme conta com 3 músicas de Britney na trilha sonora, são elas: I Love Rock ‘N’ Roll, Overprotected e I’m Not a Girl, Not Yet a Woman, que foi a que teve mais destaque e foi usada para promover o filme. O filme também lhe rendeu seu segundo livro, desta vez em parceria com sua agente pessoal, Felicia Cullota, chamado “Crossroads Diaries”, que conta o dia-a-dia das filmagens do filme. Ainda no mesmo ano, Britney apareceu em outro filme, Austin Powers e o Homem do Membro de Ouro, cantando a música Boys, que faz parte da trilha sonora, no começo do filme e depois se descobre que a cantora é uma robô que tenta matar o protagonista, Mike Mayers, mas se auto destrói.

In The Zone, Greatest Hits: My Prerogative, Chaotic e Sean Preston (2003–2005)
Em 2002, após o término do namoro de 4 anos com Justin Timberlake e esgotada devido a carga de shows, declarou que tiraria férias de 6 meses, tempo que ela usou para gravar o 4º álbum, In the Zone. Durante a performance de abertura do VMA 2003, junto com Christina Aguilera, cantou trechos de Like a Virgin, vestidas de noiva, para homenagear os 20 anos do VMA e os 20 anos de carreira de Madonna, que estava vestida de noivo, e depois cantaram juntamente com Madonna, o single atual da mesma, Hollywood, e depois ambas beijaram Madonna na boca, fazendo com que a performance recebesse extrema atenção da mídia mundial, que foi notícia de abertura de vários telejornais internacionais e capa de várias revistas. E ainda na mesma performance, a rapper Missy Eliott, se juntou as 3, no final. Foi nos bastidores desta performance, que Britney mostrou a versão demo da canção Me Against the Music e perguntou a opinião de Madonna que aceitou a parceria e co-escreveu para a versão final. In the Zonediferenciou-se dos álbuns anteriores pelo seu caráter erotizado. Mais uma vez estreando no topo da Billboard com 609 mil cópias vendidas na semana de lançamento, quebra o próprio recorde de única artista feminina a ter quatro álbuns consecutivos estreando em primeiro lugar. Mais madura musicalmente e dessa vez explorando abusivamente da sexualidade, com canções como Breathe on Me e Touch of My Hand. O álbum lhe rendeu quatro singles: Me Against the Music, Toxic, Everytime e Outrageous. Com a sua terceira turnê mundial The Onyx Hotel Tour, que chocou o mundo do entretenimento por mostrar uma Britney ousada e quebrando tabus em cima do palco falando de temas polêmicos como masturbação, sexo casual e traição, teve uma das tours mais lucrativas do ano de 2004. Nesse ano, também lançou seu terceiro livro, novamente em parceria com sua mãe Lynne, chamado “Um Presente de Mãe” que foi adaptado para um roteiro de cinema e filmado pela HBO, sob o nome de “Brave New Girl”, curiosamente ou não, o nome de uma das músicas do álbum In the Zone. Nesse ano também, Britney apareceu nos cinemas pela terceira vez, em uma rápida participação no filme de comédia / terror, “O Filho do Boneco Assassino”, onde aparece dirigindo e minutos depois, aparece morta pela boneco. Ainda em 2004, Britney se casou em Las Vegas com um melhor amigo de infância, Jason Alexander, que foi anulado 55 horas depois, pois alegavam incompatibilidade e que estavam bêbados durante a ocasião. Também gravou um comercial para Pepsi juntamente com as cantoras Beyoncé e P!nk e o cantor Enrique Iglesias com o tema de gladiadoras. Britney também compôs a canção tema do seriado Zoey 101, Follow Me, que foi interpretada pela irmã mais nova, e também protagonista da série, Jamie Lynn Spears. A tour teve que ser interrompida depois de um acidente durante as gravações de seu clipe Outrageous, onde ela acabou fraturando o joelho sendo submetida a uma cirurgia e repouso domiciliar por oito meses. O álbum In the Zone por sua vez, vendeu mais de 10 milhões de cópias no mundo.

Após sua recuperação, lançou a sua primeira coletânea, Greatest Hits: My Prerogative. O álbum contêm três faixas bônus, os singles My Prerogative, Do Somethin’ e I’ve Just Begun (Having My Fun), que não foi single, mas por sua vez, obteve grande êxito de vendas no iTunes. Durante essa época, se envolveu com o dançarino e rapper Kevin Federline, com quem inclusive gravou uma música. A canção chamasse Crazy e faz parte do único álbum do rapper, Playing With Fire. Britney se casou com Kevin em Setembro de 2004, e logo após alguns meses, descobriu que estava grávida de seu primeiro filho.

Para não deixar os fãs com saudades enquanto curtia seu casamento e sua gravidez, Britney e Kevin, lançaram um reality show com bastidores de sua vida pessoal, antes do casamento, em lugares como os bastidores da The Onyx Hotel Tour e encerrando no dia do casamento. O reality show foi lançado em DVD com o nome Britney & Kevin: Chaotic, e junto com o DVD veio 1 extended play com 4 músicas inéditas, são elas, o single Someday (I Will Understand), o tema de abertura do reality show Chaotic e as polêmicas Mona Lisa, que segundo alguns fãs, Britney fez uma previsão do que estava por acontecer em sua vida com essa canção e Over To You Now, que muitos não sabem que se trata sobre sexo anal. No dia 14 de Setembro de 2005, nascia o primeiro filho de Britney, um menino com o nome de Sean Preston. Em Novembro do mesmo ano, a cantora lançava uma coletânea de remixes, B in the Mix: The Remixes, incluindo a inédita, And Then We Kiss (Junkie XL Remix), que foi gravada para o álbum In The Zone, nas mesmas sessões de gravação de Breathe on Me, mas não utilizada na versão final do álbum. A canção fez muito sucesso em Israel, e se manteve por mais de semanas em primeiro lugar na rádio mais popular do país.

Hiatus, Problemas Pessoais, Blackout, Tutela e Circus (2006–2008)
No começo de 2006, Britney descobriu que estava grávida de seu segundo filho, que nasceu em 12 de Setembro de 2006, outro menino, chamado Jayden James. Em Novembro do mesmo ano, pediu o divórcio de Kevin por SMS, e por conhecidência (ou não), um dia antes do valor da pensão de Kevin aumentar, caso o divórcio acontecesse. Os problemas pessoais que ela teve que enfrentar pelo comportamento inadequado de seu marido que passou a se dedicar exclusivamente à sua carreira como rapper, culminou com o divórcio. Solteira, rica e livre de compromissos profissionais, sua vida começou a tomar um rumo indesejado e Britney começou a se envolver em escândalos ainda maiores. Chegou a sair diversas vezes à noite com Paris Hilton e Lindsay Lohan, onde foi apanhada duas vezes sem calcinha. O auge dos problemas foi quando raspou a cabeça e se internou em uma clínica de reabilitação em 2007. Apesar de afastada da música há mais de 3 anos, provou que continuou sendo um verdadeiro fenômeno de popularidade. Segundo a Billboard, vendeu mais de 461 mil cópias apenas nos Estados Unidos no ano de 2006. Isso é um fato impressionante para álbuns que tiveram promoção nula durante o ano. Apesar da frenética perseguição por parte dos paparazzis e dos tablóides, que muitos alegam que afetaram diretamente a sua imagem de “Queridinha da América”, nota-se o poder de Britney no mercado musical ao compararmos suas vendas à outros artistas que também lançaram álbum em 2006. Em nível mundial, vendeu mais de 1,5 milhão de cópias em 2006, sem contar as vendas de seus perfumes Curious, Fantasy e In Control que somam mais de 10 milhões de unidades vendidas mundialmente.

Em Maio de 2007 após uma certa retomada de controle de sua vida pessoal, por uma decisão da Jive Records para fazê-la se reacostumar aos palcos após 3 anos de ausência, produziu e coreografou 5 pequenos shows na House Of Blues, um famoso night club americano, de 15 minutos de duração onde apresentava 5 canções, como …Baby One More Time, I’m a Slave 4 U e Toxic. Passou a trabalhar mais arduamente na finalização do seu álbum seguinte que já vinha sendo produzido desde o ano anterior nos poucos tempos em que ela se dedicou à sua, já considerada pela mídia, desacreditada carreira de cantora. No dia 30 de Agosto de 2007, a canção Gimme More foi tocada pela primeira vez por uma rádio norte-americana. Estreou como primeiro single do quinto álbum de estúdio da cantora. Seu retorno oficial foi no Video Music Awards da MTV Norte-Americana no dia 9 de Setembro de 2007, porém, foi muito criticada porque estava tensa, fora de forma e nervosa revelando uma postura pouco entusiasmante. Iniciou a performance com um trecho da canção Trouble de Elvis Presley e seguiu com a apresentção do novo single. A canção foi lançada oficialmente no dia 18 de setembro de 2007, e ficou em primeiro lugar em nove países na loja digital iTunes. Em meados Setembro do mesmo ano, Gimme More saltou de #68 para #3 na Billboard Hot 100 – parada musical mais importante do mundo. Também atingiu #16 na parada das músicas mais executadas nos Estados Unidos, sendo superado depois por Piece of Me, que chegou a #1. No dia 5 de Outubro de 2007 foi finalmente lançado o tão aguardado videoclipe de Gimme More no iTunes, que acabou chocando a muitos por não apresentar as diversas cenas que nunca foram exibidas, mas que foram fotografadas por paparazzis e que constam no roteiro original do video, fazendo com que essa se tornasse uma das decisões mais misteriores no mundo da música e aumentando o fascínio por Britney na cultura Pop. Após 18 meses de produção intensa durante os altos e baixos na sua vida pessoal, ocorreu o lançamento do álbum no dia 30 de outubro de 2007, e em menos de 24 horas de vendas, alcançou o 1º lugar em cinco países. Contrariando as expectativas da mídia que dava a carreira de Britney por encerrada, o álbum Blackout recebeu diversos elogios, que vão de “Este álbum é melhor do que qualquer coisa que Gwen Stefani já fez” até “Neste álbum não tem mais canções bonitinhas, como I’m Not A Girl, Not Yet A Woman”. Um crítico chamou-o de “Um triunfo” e a BBC decretou: “É uma obra-prima”. O site britânico PopJustice, disse que o quinto álbum da Britney “É realmente brilhante” e de acordo com o jornal britânico Times Online “A cantora já tem um bom motivo para voltar a sorrir porque o novo álbum é bem mais coerente que os recentes sucessos de seus colegas do Clube do Mickey. As músicas Toy Soldier e Perfect Lover são simplesmente duas das mais belas canções que já apareceram em qualquer álbum lançado esse ano”. A revista Época, rasgou elogios ao disco em uma matéria intitulada de ‘A decadência fez bem a ela’ onde dizia: “O que explica, então, que ela tenha acabado de lançar o melhor álbum de sua carreira e, muito mais que isso, um dos melhores discos de pop dos últimos anos? A resposta é a produção de qualidade desconcertante de Blackout. O álbum, que acaba de sair no Brasil, pulsa, destrói os próprios limites e experimenta formatos inauditos para a música dançante. É como se o melhor das pistas de 2017 caísse por uma fresta do espaço-tempo. São batidas tão boas que dá vontade de isolá-las do espectro sonoro, dar-lhes corpo físico e moldura-las na parede”. A temática do álbum se foca principalmente nas conturbadas saídas e festas que ela protagonizou nos últimos anos, além de criticar a mídia, o ex-marido e a si própria de forma irônica e por vezes escrachada em algumas das faixas. O segundo single Piece of Me fez um grande sucesso por todo o mundo e manteve-se no topo do TRL americano. O clipe produzido e coreogrado por Britney levou dois dias para ser feito e é o segundo mais caro de sua carreira onde mostra várias modelos parecidas com a cantora que são atacadas por papparazis. Blackout foi eleito o melhor álbum de 2007 segundo enquete feita no site da Billboard e segundo enquete feita no site Terra da Espanha. O álbum ganhou o prêmio de “Melhor Álbum Internacional” na edição de 2008 do NRJ Music Awards, na França. O terceiro single, Break the Ice teve um clipe produzido em animê, devido aos problemas de saúde de Britney.

Com o seu retorno consagrado ao mundo da música, em Dezembro de 2007, Britney começa um namoro com o paparazzo Adnam Ghalib e passa a se comportar de forma estranha frente às câmeras, ignorando completamente a divulgação do álbum, não fazendo performances nem mesmo concedendo entrevistas ou gravando vídeos. Em Janeiro de 2008, o mundo acompanhou de perto mais um drama na vida da cantora, após quatro dias sem dormir, se trancou em casa com os filhos e recusou entregá-los ao advogado do ex-marido de acordo com a guarda compartilhada sendo necessário a intervenção de policiais. O fato fez com que ela ficasse ainda mais perturbada e culminou em sua internação numa clínica psiquiátrica sob o efeito de substâncias desconhecidas e diagnosticada como portadora de bipolaridade. Temendo o futuro da sua filha, James Spears entrou com uma ordem de conservadoria e passou a administrar os bens e a vida pessoal de Spears além de ter conseguido uma ordem de restrição contra Adnam e Sam Lufti, seu atual empresário que segundo a mãe da cantora, Lynne, dopava a filha com remédios tarja preta.

Com a vida pessoal voltando ao eixo e longe de más influências, gravou uma participação especial no seriado How I Met Your Mother que foi ao ar nos Estados Unidos no dia 24 de Março de 2008, pelo canal CBS. Devido ao sucesso e aos elogios da crítica, gravou outra que foi ao ar no dia 12 de Maio. Os episódios tiveram tanto destaque que foi capa da TV Guide apenas pela participação. A primeira participação de Britney levou a série a melhor pontuação desde sua criação e de acordo com o site FórmulaTV. Recebeu o prêmio de “O mais recente na TV” no TV.com Awards por sua participação na série How I Met Your Mother e uma indicação ao People’s Choice Awards na categoria “Favorite Scene-Stealing Guest Star” (estrela favorita por roubar a cena). Também fez participações especial na turnê daMadonna, Sticky & Sweet Tour, em 2008. A participação consistia em um vídeo com a imagem de Spears, que foi introduzido num telão gigante enquanto Madonna cantava Human Nature. O vídeo mostrava Britney num elevador fechado, onde acabava ficando desesperada. No fim da canção podia-se ouvir Britney dizendo “It’s Britney Bitch” e se libertando. No dia 7 de Setembro de 2008 apareceu em um vídeo no VMA, abrindo a cerimônia. Se destacou por ser a grande vencedora da premiação por ganhar todos os prêmios em que foi indicada, incluindo Vídeo do Ano por Piece of Me. Em Novembro de 2008, o jornal britânico The Times, elegeu Blackout o 5° maior e melhor álbum Pop lançado na história, dentre os 100 álbuns selecionados. Blackout ultrapassou a marca dos 3,6 milhões de cópias no mundo e também foi o único álbum de Britney que não estreou e nem conquistou o #1 na Billboard 200, amargando em #2.

Com estabilidade em sua vida pessoal e o ganho da guarda compartilhada de seus filhos, retornou aos estúdios para gravar o seu sexto álbum de inéditas. No dia 26 de Setembro de 2008, estreou nas principais rádios americanas, o primeiro single do álbum, Womanizer. A crítica elogiou a nova música dizendo ser madura e consistente. Em busca de levar o novo single de Britney, ao topo das paradas logo na sua primeira semana, os fãs do mundo inteiro se mobilizaram a fazer um “Download Day” no dia 7 de outubro de 2008. A música alcançou o sucesso imediato quebrando vários recordes na Billboard Hot 100, entre eles, o segundo maior salto para a primeira posição (da 96ª posição para o 1º lugar) e a maior estréia de vendas digitais de uma artista feminina com mais de 286 mil cópias. No Brasil, a música ficou em #1 no Hot 100 Singles por quatro semanas consecutivas. Participou do show de Madonna em Los Angeles, no estádio dos Dodgers, no dia 6 de Novembro de 2008. Na Sticky & Sweet Tour, elas cantaram a música Human Nature. No mesmo dia aconteceu o MTV Europe Music Awards e mais uma vez foi a grande campeã, levando os prêmios de álbum do ano por Blackout e artista do ano. No dia 16 de Novembro de 2008 foi ao ar na MTV americana o último programa do Total Request Live. O programa encerrou presenteando o clipe de …Baby One More Time como o clipe mais influente de toda a história do TRL. Em 27 de Novembro de 2008, voltou aos palcos para fazer mais um marco em sua carreira. Na cerimônia de premiação do Bambi Awards, em Offenburg na Alemanha, Britney cantou pela primeira vez a música Womanizer e recebeu o prêmio de “Melhor Popstar Internacional”. Em 1° de Dezembro de 2008 foi ao ar na MTV americana o documentário “Britney: For The Record”, onde ela comentou os fatos ocorridos nos anos de 2007 e 2008. O álbum Circus foi lançado no dia do seu aniversário de 27 anos, em 2 de Dezembro e para comemorar, se apresentou no Good Morning America cantando Circus e Womanizer. Apostando em temas diversos, fala sobre maternidade, vingança, experiência de vida, a eterna batalha contra os paparazzi e de amor de uma maneira magistral que a fez ser o centro da atenções por toda uma década. O álbum lhe rendeu o título de “Fênix do Pop”. A crítica recebeu bem o sexto álbum de Britney. O site PopJustice publicou uma review do álbum Circus: “É o Blackout 2.0, isso são boas notícias já que Blackout foi um grande álbum, mas parece incluir muito mais exibicionismo… mas é difícil predizer um álbum de Britney”. A Rolling Stone declarou: “O aventureiro Pop e cluber de seu sexto álbum teria sido uma ótima continuação do In the Zone de 2003. Os produtores de Toxic, Bloodshy & Avant, fazem parte do projeto novamente com a melódica e brilhante Unusual You. A produção de Max Martin em If U Seek Amy é atrevida e divertida e a faixa ofensiva aos paparazzis, Kill the Lights, retoma a sintona do Blackout. Este será o álbum que marcará o seu status de lendária”. O New York Times disse que suas novas canções são dance-pop esperto e refrescante. A Billboard também fez um review de Circus: “Da abertura com Womanizer para a canção de arrependimento Blur, Circusdá ao Pop um significado totalmente novo, conforme a cantora faz um trabalho duplo como uma diva do dance e uma melancólica de coração partido. Essa não é uma mistura fácil, mas quando Spears deixa de lado o trauma de tablóides e se junta com os produtores certos – nesse álbum são Guy Sigsworth, Danja, Dr. Luke e Max Martin – ela está em seu território”. Circus chegou ao topo da lista dos álbuns mais baixados legalmente via internet pelo iTunes da Apple. Sua versão Deluxe, inclui um DVD com o making off do álbum e o clipe de Womanizer. Em menos de 24 horas de disponibilização no iTunes, Circusjá era o clipe mais baixado no portal da Apple e Womanizer se manteve na lista dos vídeos mais baixados em #5. Possui a maior venda de 2008 no primeiro dia, com mais de 219 mil cópias e vendeu mais de 505 mil cópias nos Estados Unidos na semana de estréia, fazendo Spears a única artista na história do Nielsen SoundScan à ter quatro álbuns debutando com 500 mil ou mais. Repetindo o feito do Blackout,Circus foi eleito o melhor álbum do ano segundo enquete feita no site da Billboard. O hit Womanizerchegou ao #1 no Mediabase com mais de 73 milhões de audiência, sendo o quarto single de Britney a chegar ao topo. Circus alcançou o #1 no Mediabase, tornando-se a quinta música de Britney a alcançar o primeiro lugar. Após 3 semanas, chegou ao topo da lista dos álbuns mais vendidos em todo o mundo. Ficando nas duas semanas anteriores em segundo lugar. Circus ainda lhe rendeu mais dois singles: If U Seek Amy e Radar.

The Circus Starring: Britney Spears Tour, The Singles Collection e Glee (2009–2010)
Começando 2009 cheia de trabalhos, Britney ganhou dois prêmios no NRJ Music Awards na França, de melhor artista feminina internacional e vídeo do ano por Womanizer. Também ganhou outros prêmios como de Melhor Coreografia por Circus no MTV Australia Awards 2009 e Melhor Vídeo Pop por Womanizer no MTV Video Music Awards 2009. No dia 3 de Março de 2009, em New Orleans nos Estados Unidos, começou a sua 5ª turnê mundial, The Circus Starring: Britney Spears Tour que se encerrou em Novembro do mesmo ano, e teve todos os seus 97 shows esgotados, e está no top 5 das tours mais lucrativas de toda a história da música, atrás somente de duas tours da cantora Madonna, uma da cantoraCher e uma da banda U2. Após 5 anos sem fazer uma tour mundial, surpreendeu a todos por levar a magia do circo num show de produção gigantesca que envolve música, dança, mágica, acrobacia e outros elementos circenses. Foi eleita pelo “All Headline News” como a Melhor Tour de 2009.

A cantora coreana Boa em 2009, lançou seu álbum homônimo, incluindo a faixa Look Who’s Talking, composta por Britney para o álbum In the Zone. A faixa vazou na voz de Britney, no começo de 2012.

Durante os seus 10 anos de carreira, teve cinco álbuns no primeiro lugar da Billboard Top 200 Album Chart, assim como 23 hits no Top 40 do Billboard Pop Singles Chart. No mundo, Britney é a artista que mais vendeu discos na última década, constantemente liderando as paradas de sucesso com todos os seus álbuns. Em Setembro de 2009 foi noticiado, através de seu site oficial que seria lançada sua segunda coletânea, chamada Britney: The Singles Collection para celebrar os seus 10 anos de carreira. No dia 29 de Setembro de 2009 chegou nas rádios do mundo inteiro seu novo single, 3, que fala de forma extrovertida sobre um tema polêmico: sexo a três. A única canção inédita da coletânea, estourou em menos de 24 horas no Twitter tornando-se o assunto mais comentado. Nas vendas digitais, a música conquistou o #1 em apenas 16 horas, no iTunes. Na Billboard Hot 100, parada de singles que contabiliza a popularidade e vendas, o single estreou em #1, tornando-se (curiosamente) o terceiro #1 de Britney. Apesar de ter sido lançada no final de 2009, a canção conseguiu entrar na lista das 100 músicas mais tocadas do mundo, onde nessa lista é a canção mais recente com melhor posição. E em clima de comemoração, pelos 10 anos de carreira, foi eleita pelo PopEater como a Artista da Década. Foi eleita também a Artista mais influente da Década pela VH1, além de ser a artista mais tocada de 2009, na principal rádio de Nova York, a Z100.

Em 2010, após encerrar a The Circus Starring: Britney Spears Tour, Spears tirou merecidas férias, ao lado dos filhos e do novo namorado, Jason Trawick. Em Setembro daquele ano, o seriado Glee, fez um tributo a cantora, onde a mesma participou com 3 personagens rápidos. Britney interpretou a cantora Madonnano remake de Me Against the Music, a professora do começo do clipe de …Baby One More Time, que é interpretada originalmente por sua agente, Felicia, e uma cheerleader. O sucesso do episódio foi absoluto, fazendo com que canções como Toxic voltassem ao top 40 do iTunes e álbuns como Greatest Hits: My Prerogative voltassem ao top 50 do iTunes.

No dia 2 de Dezembro de 2010, no seu aniversário de 29 anos, Britney desmentiu os rumores do RadarOnline e seu ex-marido Jason Alexander, que seu atual namorado, Jason Trawick, batia nela e confirmou que seu novo álbum sairia em Março do ano seguinte, e seu novo single seria lançado em breve.

Femme Fatale e The X Factor (2011–2012)
No dia 6 de Janeiro de 2011, uma demo do suposto novo single de Britney, vazou na internet. No mesmo dia, Britney comunicou que o novo single sairia no dia 11. No dia 10 de Janeiro porém, o single foi vazado por erro de fuso horário do iTunes da Nova Zelândia. Hold It Against Me se tornou o quarto single de Britney a atingir o #1 na Billboard com mais de 400 mil cópias e fazendo dela a segunda artista a ter mais estreias consecutivas em #1, perdendo apenas para Mariah Carey. Hold It Against Me conquistou 88 milhões no Mediabase com rapidez e se tornou a canção mais tocada no Estados Unidos em 1 único dia, tirando o recorde de canções como Touch My Body de Mariah Carey e Single Ladies (Put a Ring on It) deBeyoncé. O recorde foi quebrado um mês depois pela cantora Lady Gaga e seu single Born This Way. Em 2 de Fevereiro, Britney revelou no Twitter o nome, a data de lançamento e a capa do novo álbum. Femme Fatale seria lançado no dia 29 de Março do mesmo ano. Em 18 de Fevereiro de 2011, o clipe do single foi lançado e conta através de metáforas, a história de vida da cantora. Em 4 de Março de 2011, o single Till the World Ends, composto pela cantora Ke$ha, vazou na internet, e teve sua estréia antecipada em 2 semanas. Um dia depois, o álbum teve sua tracklist revelada e sua pré-venda iniciada. O álbum foi lançado na data planejada e se tornou o sexto álbum de Britney que alcançou o #1 na Billboard 200. O single Till the World Ends se tornou o maior hit da carreira de Britney no Mediabase, conquistando mais de 98 milhões de audiência. Em Abril, Britney lançou um remix com a cantora Rihanna, da faixa S&M, presente no álbum Loud. O remix se tornou o décimo #1 de Rihanna e o quinto de Britney, e rendeu uma performance bem sexy no Billboard Awards, em Maio do mesmo ano. Ainda em Abril, Britney confirmou que em Junho entraria na estrada com a The Femme Fatale Tour. A tour inicialmente teria Enrique Iglesias como ato de abertura, mas por motivos de força maior, o cantor desistiu antes mesmo do comunicado oficial. Então, a rapper Nicki Minaj foi escolhida para tal tarefa. Para promover a tour, Britney lançou uma nova versão de seu novo single, Till The World Ends (The Femme Fatale Remix), com participação da rapper Nicki Minaj e da compositora da música, a cantora Ke$ha. Com isso, a música conquistou o #3 na Billboard Hot 100. Em Junho, Britney lançou o terceiro single do álbum, I Wanna Go, e com este, conquistou o maior hit de sua carreira no Mediabase, com mais de 100 milhões de audiência e 3 top 10 do mesmo álbum, já que a canção conquistou o #7 na Billboard Hot 100. Em 28 de Agosto de 2011, foi homenageada no MTV Video Music Awards, com o prêmio vanguarda e um tributo de dança. No mesmo dia, confirmou nos bastidores da cerimônia, que a canção Criminal seria o quarto single de seu álbum. Gravado em Londres e depois de muitas controvérsias, o clipe foi lançado, mas a música não conseguiu um êxito grande nos Estados Unidos, amargando em #54. Por sua vez, conquistou #1 na França e no Brasil e top 10 por vários países europeus.

A cantora americana Selena Gomez & the Scene em 2011, lançou seu álbum When the Sun Goes Down, incluindo a faixa Whiplash, composta por Britney para o álbum Circus.

Em maio de 2012, Spears foi contratada como jurada para a segunda temporada da versão americana de “The X Factor”. Com um salário relatado de US $ 15 milhões, ela se tornou a jurada mais bem paga na história da televisão. Ela orientou a categoria Adolescentes;. Sua última artista, Carly Rose Sonenclar, foi a vice-campeã da temporada . Spears não vai voltou para a série em sua terceira temporada. Também nesse ano, Spears foi destaque com Will.i.am na canção “Scream & Shout”, que foi lançada como um single do álbum willpower (2013) . A canção mais tarde se tornou o sexto single de Spears no UK Singles Chart e alcançou a posição # 3 no EUA Billboard Hot 100. Em dezembro, a revista Forbes nomeou Britney como a mulher mais bem paga da música de 2012, com ganhos estimados em US $ 58 milhões.

2013 e atualmente: Ooh La La, Britney Jean e Britney: Piece Of Me
Em 2013, a cantora gravou a música tema da continuação da animação Os Smurfs, “Ooh La La” de The Smurfs 2. A canção ganhou um videoclipe com participação dos seus filhos Sean Preston e Jayden James. E ainda Britney entrou para a trilha sonora do GTA (Grand Theft Auto V), a canção Gimme More fará parte da rádio Non Stop FM (Pop/Dance) do game, assim como músicas de Rihanna (Only Girl), Fergie (Glamorous) e Robyn (Every Heartbeat). O jogo foi lançado no dia 17 de setembro, mesma data em que Britney Spears fará um anúncio em seu site oficial.
Ainda em 2013, dia 11 de janeiro, antes de Britney confirmar que iria deixar o “The X Factor”; Robin Leach e o ‘TMZ’ já avançaram que a cantora estaria interessada em fazer residência de shows no ‘Caesars’. Dia 17 do mesmo mês Robin Leach do “Vegas Deluxe” diz que os casinos de Las Vegas estão em uma verdadeira guerra por Britney. Dia 04 de fevereiro, a revista People diz que o contrato com o ‘Planet Hollywood’ estava prestes a ser assinado e que o salário poderia ser de cerca de 100 milhões de dólares. Dia 05 de fevereiro, É OFICIAL! Larry Rudolph empresário de Britney conversa com o “Extra” e confirma que estavam em negociações para uma residência de shows em Las Vegas, porém diz que faltava escolher o local do show. E em agosto, dia 21, o site oficial de Britney Spears entra em contagem regressiva que acaba no dia 17 de setembro. Britney não confirmou que a data tem relação com novo single ou algo relacionado ao álbum, portanto, fãs especulam que seria o anúncio da residência.
Britney Spears lançou o videoclipe da musica Ooh La La no canal vevo na tarde de quinta-feira 11/07/2013, O vídeo-clipe não teve muita repercussão pois as imagens era infantis e mostravam Britney em poucos cenários e apenas cantando, nada de dança, mesmo assim os Fãs da cantora esperaram um performa-se da musica que não ocorrei , Britney Colocou em seu Twitter que só iria cantar a musica nos seus shows em las vegas em dezembro. O clipe foi eleito pelo publico infantil melhor clipe musical de 2013 .
Work Bitch foi composta pela própria juntamente com Otto Jettman, Sebastian Ingrosso, Ruth-Anne Cunningham, Anthony Preston e will.i.am, sendo produzida pelos dois últimos. A faixa foi enviada para as estações de rádio de todo o mundo em 15 de setembro de 2013, e no dia seguinte disponibilizada para download digital na iTunes Store de diversos países, servindo como o primeiro single do disco. Seu vídeo musical correspondente foi dirigido por Ben Mor, que já havia trabalhado com Spears em “Scream & Shout”. As filmagens ocorreram entre 8 e 10 de setembro de 2013, em Malibu, California.14 No
primeiro dia de gravação, a artista postou em seu Twitter: “Dia quente no estúdio… Um pouco de sujeira, um pouco de flerte, dancei bastante. Ansiosa para amanhã!”, e mais tarde publicou uma foto sua vestindo um sutiã preto e amarelo e luvas de couro que vão até o cotovelo.15 16 No dia 26 seguinte, ela divulgou um trecho da produção através de sua conta no Instagram.17 A sua estreia na íntegra ocorreu em 1º de outubro de 2013 no The CW Television Network.
No mês de julho, Miley Cyrus fala em uma entrevista que tinha colaborado em uma das faixas para o seu novo álbum intitulado “Bangerz” com uma grande cantora que a influenciou e influencia muito, vários blog’s, sites e os próprios fãs da cantora falaram que podia ser Britney Spears ou Christina Aguilera. E dia 10 do mês de setembro, Britney Spears posta em seu twitter, “Agora é a Britney e Miley, bitch! Eles não estão preparados pra isso, @MileyCyrus… #SMSBangerz” — @britneyspears, confirmando os rumores anteriores que podia ser Britney Spears, e logo em seguida a cantora divulga a tracklist do álbum “Bangerz” confirmando mais ainda que elas estavam juntas em uma faixa do álbum, com o titulo “SMS (Bangerz)”, terceira faixa do álbum.
No dia 15 de Outubro de 2013, em entrevista à um programa da rádio britânica Capital FM, Britney anunciou que seu novo disco se chamará “Britney Jean”. “É um álbum pessoal e todos na minha família sempre me chamam de Britney Jean. É um termo carinhoso e eu queria compartilhar isso com meus fãs”, justificou a estrela pop sobre a escolha do nome.
A 27 de Dezembro de 2013, Spears deu o seu primeiro concerto no Planet Hollywood Resort & Casino, em Las Vegas, dando a abertura da sua turnê “Piece of Me”, que contou com presenças como Miley Cyrus, Katy Perry, Adam Lambert, entre outros.
No segundo semestre de 2014, a sessão de gravação da canção “Alien” do seu oitavo álbum de estúdio “Britney Jean” vazou na internet, nela Britney cantava com uma voz desafinada e fora do tom, sendo, assim, muito criticada pelos seus fãs. A equipe da cantora afirmou que a gravação vazada era apenas um aquecimento vocal, e não os verdadeiros vocais utilizados na canção. Outras polêmicas também cercaram a cantora. Muitos fãs que tiveram acesso à outras sessões de gravação afirmavam que além da própria Britney, outra cantora também cantava no álbum, imitando a sua voz.
Durante o ano de 2014, a Residência em Las Vegas de Britney Spears faturou muito, e a cantora conseguiu lotar grande parte dos seus shows, influenciando outras cantoras à iniciarem uma residência também, como Jennifer Lopez. Devido à isso, o Planet Hollywood Resort & Casino decidiu estender a sua turnê por mais dois anos, agora durando até 2017.
Em Agosto de 2014, Spears anunciou ter renovado o contrato com a sua gravadora RCA, e anunciou também o desenvolvimento de seu nono álbum de estúdio, ainda não nomeado, no qual a cantora, ao ser entrevistada, anunciou que gostaria que tivesse músicas voltadas para o Pop Rock e com colaborações.
Ainda no ano de 2014, vários rumores de uma possível canção com a rapper Iggy Azalea foram disseminados pela internet, o que mais tarde foi confirmado pela rapper pelo seu twitter. Além da canção com Iggy, Britney também gravou uma canção com Giorgio Moroder para seu álbum “74 is the new 24”, que inclui cantoras como Lana Del Rey,Kylie Minogue, Sia, entre outras.
Em 2014, Britney Spears lançou sua coleção de roupa íntima feminina, “The Intimate Britney Spears”.

No momento, Britney encontra-se em fase de gravação de seu 9º álbum de estúdio, onde ainda não temos muitas informações.