ALEJANDRO FERNANDEZ

ALEJANDRO FERNANDEZ

Nome: Alejandro Fernández Abarca
Aniversário: 24 de abril
Signo: Touro
Lugar de nascimento: Cidade do México


Em 1975, aos quatro anos de idade, Alejandro Fernández já subia aos palcos para acompanhar seu pai: "El Charro de Huentitlán", Vicente Fernández.

Alejandro, claro, estava destinado a ser o discípulo avantajado do maestro e como tal começou. Sua estréia discográfica foi com uma música cantada em dueto com seu pai: "Amor de los dos". A música fez muito sucesso e no disco seguinte de seu progenitor, Alejandro – 19 anos- teve uma música só para ele: "El Andariego".

Dois anos mais tarde, seu primeiro álbum “Alejandro Fernández”, manifestava suas aptidões para a música e a profunda sonoridade de sua voz.
“Piel de Niña”, seu disco seguinte, também chamou a atenção do público para o novo intérprete. "Acabé por Llorar", "Cenizas", "A la Vera del Camino" y "Cascos Ligeros" foram algumas das músicas que conseguiram maior difusão.

Além de sua inclinação musical – hereditária ou por vocação - "El Potrillo", como o chamam carinhosamente, sentiu também a necessidade de ampliar sua formação pessoal e ingressou na “Universidad del Valle” de Atemajac para estudar arquitetura.

Apesar de ter nascido na Cidade do México, Alejandro foi criado em Guadalajara, a cavalo entre o campo e a cidade. Seus conhecimentos musicais nasceram diretamente das fontes, no solo da influência de seu pai, e também nas participações nas festas e reuniões onde se cantava e se vivia com paixão as tradições mais arraigadas da cultura popular mexicana.

A música pôde mais que a arquitetura e seu material seguinte, “Grandes Éxitos a la Manera de Alejandro Fernández” foi um passeio por alguns temas tradicionais da América Latina, que Fernández adaptou a seu estilo em títulos como "Conozco a los Dos", "A Pesar de Todo", "La Gloria Eres Tú" y "Noche de Ronda".

As duas produções seguintes, “Que Seas Muy Feliz” e “Muy Dentro de mi Corazón” iniciaram uma nova etapa na carreira de Alejandro. Com eles e graças a temas como "La Mitad Que Me Faltaba", "Llorando Penas", "Como Quien Pierde Una Estrella", "Nube Viajera" y "Es la Mujer", conseguiu a admiração do público mais jovem e, com ele, o mais importante: a identificação das novas gerações com a tradição musical mexicana.

Sua gravação seguinte, “Me Estoy Enamorando”, significou um passo importante de Alejandro a novos horizontes musicais. Baladas românticas e canções mais próximas do pop, sem se afastar de sua essência mexicana, conquistou aos públicos mais diversos da América Latina, Estados Unidos e Europa. As quatro primeiras músicas de trabalho extraídas do álbum "Me Estoy Enamorando", "Si Tú Supieras", "En el Jardín" (cantado a dúo con Gloria Estefan) e "Yo Nací para Amarte", foram consecutivamente Nº 1 nas listas de música latina da revista Billboard. O álbum foi disco de platina na América Latina e superou os 2.2 milhões de cópias vendidas em todo o mundo.

Em 1999 apareceu no mercado o fonograma “Christmas time In Viena”, una coleção de canções natalinas na qual "El Potrillo" canta em espanhol e inglês ao lado de Plácido Domingo e Patricia Kaas. O álbum contém canções tradicionais de todo o mundo, e os cantores são acompanhados pela Orquestra Sinfônica de Viena.

Em seu trabalo seguinte no estúdio, “Mi Verdad”, Alejandro regressou à música ranchera em temas como "Loco", "Si He Sabido Amor", "Mentirosos" y "Avísame". Alejandro fez experiências com ritmos e sonoridades caribenhas, sob a produção de Emilio Estefan, com “Entre Tus Brazos”, álbum que contém as músicas: "Quiéreme", "Háblame" e "Quisiera" como músicas de trabalho.

Herdou o talento de seu pai e em tempo recorde se transformou em um dos cantores favoritos da juventude mexicana.

"El Potrillo" reuniu no ano passado a mais de 70 mil pessoas durante sete shows no Auditório Nacional.

Alejandro já gravou nove discos, e com ele obteve incontáveis prêmios em una carreira sempre ascendente.

Em 2006, o cantor Alejandro Fernández apresentou aos meios seu novo disco, titulado “México-Madrid en directo y sin escalas”, onde os jornalistas, foram acomodados em um pequeno salão de um dos hotéis mais luxuosos do México, e assistiram a todo o DVD da nova produção.

Em 26 de junho de 2006, Alejandro Fernández lança “Viento a favor”, disco que foi gravado em Buenos Aires, nos estúdios Santito e em Los Angeles nos estúdios Igloo Music Studios.

O álbum do chamado 'Potrillo' é de balada-pop-mexicana composto com uma seleção de músicas onde reflete seu amor e paixão, recorrendo ao pop rítmico e a balada romântica.

Como parte da celebração de seus 15 anos de trajetória musical, Alejandro lança “15 Años de Éxito”, uma coletânea dos melhores temas de sua carreira.


Tradução: Grazielle Carvalho - A Corazón Abierto Brasil Fans Club
http://acorazonabiertobr.foroactivo.net